EFEITOS DE UMA NOITE DE LUA NO AMOR

 

EFEITOS DE UMA NOITE DE LUA  NO AMOR

Marcial Salaverry

 

Algo que não permite discussão, é o fato de que a lua sempre estimulou os corações enamorados, e junto com ela, a noite que estimula os corações amantes...

Esse é um fato comprovado, mas que não deixa de ser curioso, e é cristalina realidade, pois  quando estamos ao lado de quem amamos, e a lua se apresenta bela e radiosa, mais nosso libido se estimula, deixando-nos ainda mais  enamorados, e com os desejos mais estimulados.

E uma noite de lua cheia é a campeã do início, não só de muitos romances, como de muitas crianças também...

Parece que a mesma força que nossa prateada amiga exerce sobre as marés, e sobre os nascimentos, exerce também sobre nossos ímpetos românticos, deixando-nos mais propensos para o amor. Aos olhos masculinos o corpo feminino fica ainda mais belo, quando exposto à luz do luar, que também estimula a entrega feminina...

A força da lua controlando o movimento das marés é fato provado cientificamente, bem como sobre os nascimentos, pois as noites de lua cheia são as campeãs na maternidade, provando que efetivamente influi e muito desde o início de nossa vida.  Dizem, aliás, que as crianças nascidas em noites de lua cheia terão o espírito mais romântico do que as demais, contudo, a força de nosso astro prateado sobre o amor é fato provado apenas emocionalmente.

Poetas, escritores, compositores sempre falam da lua e de seus efeitos sobre corações apaixonados.  E quem somos nós para discutir com tanta gente de talento.  Prefiro endossar,  concordando em gênero, numero e grau com o que eles dizem...

Alguns mais céticos dizem não sentir nenhuma influência do luar.  Talvez lhes falte um quê de romantismo.  Temos que deixar aflorar nosso lado romântico, para sentir realmente a influência lunar.   Peço não confundir influencia lunar, com influencia lunática.  Existe alguma semelhança, mas o efeito é completamente diverso.

O mais interessante é que, quando falamos de lindas noites de luar esplendoroso, a primeira imagem que nos vem à mente, é do luar do sertão (uma das mais belas páginas de nosso cancioneiro), ou então do luar visto e sentido, quando estamos em uma praia deserta, ao lado de nosso amor, simplesmente abraçados, curtindo uma noite de plenilúnio, com miríades de estrelas faiscando ao seu redor.  Quem já experimentou, garanto que nem sentiu os mosquitos em volta, polis realmente é algo romanticamente

fantástico.

As luzes da cidade e seu burburinho parecem ofuscar um pouco o brilho do luar, e não nos inspira tanto.  Na cidade grande não encontramos tanto clima natural para o romance.  Então temos que substituir estrategicamente a força "inspiracional" da lua por outros meios.  Os efeitos podem ser os mesmos, mas o prazer talvez não seja tão romanticamente sentido.  Falta aquele algo mais que o luar nos traz (particularmente a lua cheia).

O namoro à luz da lua, seja no campo ou na praia, quando a escuridão natural da noite é quebrada apenas por essa luminosidade natural, é insuperável.  O clima de romantismo assim criado é algo que vale a pena ser vivido.  Experimentem... Garanto que vale a pena.

Acredito que qualquer pessoa que tiver espírito romântico, sem duvida estará concordando que a luz do luar, claro que na companhia adequada tem um efeito devastador sobre o chamado juízo e bom senso, recomendando-se portanto, certos cuidados em seu uso, após o que, certamente teremos um lindo dia, depois de bem desfrutar uma maravilhosa noite...

 

 

 

Marcial Salaverry


[Voltar]

© Copyright Prosa & Poesia - Direitos Autorais Reservados