FALTA HUMANIDADE PARA O SER HUMANO

 

 
A facilidade com que o chamado "Ser Humano" prova sua desumanidade atinge as raias da incompreensão total e completa...
Será que essa roda de maldades um dia terá fim?
Quando o "Ser Humano" conseguirá ser humano?
Osculos e amplexos,
Marcial
 

FALTA HUMANIDADE PARA O SER HUMANO
Marcial Salaverry
 
É com profunda tristeza que verdadeiramente estarrecidos, acompanhamos as noticias que nos vem de todas as partes do mundo, mostrando o quão desumano é o chamado ser humano, que não sabe, nunca soube, e acreditamos que jamais saberá o que é ser humano.
Atualmente são noticias de atrocidades cometidas em todas as partes do mundo, desde o Iraque até a Colômbia, passando pelas mais diversas regiões do planeta. São grupos que procuram se dizimar, e, sob os mais diversos pretextos aleijam e matam muitos inocentes, que nada tem a ver com a encrenca toda, e apenas pagam tributo por pertencer a esta ou aquela raça, ter esta ou aquela cor, ter esta ou aquela crença religiosa, ou torcer para este ou aquele clube de futebol, de basquete, de rugby, ou de bolinhas de gude, ou simplesmente por estar na hora errado e no lugar errado, e ter sido "encontrado" por uma bala perdida.
Fala-se que são os problemas da vida moderna que provocam certas crises, e causam tais destemperos, mas, na realidade, desde que o mundo é mundo sempre se cometeram barbaridades sob os mais "doces" pretextos...
Senão vejamos o que a História nos conta sobre a Inquisição, ou sobre a perseguição às Bruxas de Salem, ou sobre o que ocorreu em Auschwitz, ou em campos de concentração nazistas, japoneses, americanos e quaisquer que sejam, onde a famosa Convenção de Genebra foi milhares de vezes rasgada, ou então o que se fazia nos navios negreiros, quando os candidatos a escravos eram tratados como coisas, e não como gente, ou o que os romanos faziam com os cristãos no Coliseu, e existem milhares de outros "ous", pois a História é farta em narrar atos de selvageria cometidos sob os mais diversos pretextos.
É realmente incrível a fertilidade da mente humana em descobrir meios para torturar seus semelhantes, esquecendo-se que atos violentos sempre poderão provocar represálias mais violentas ainda. Sempre as vítimas de torturas, tentarão "pagar na mesma moeda", e a coisa entra em um circulo vicioso sem fim.
Assim sendo, embora já estejamos um tanto quanto "anestesiados" com a sempre crescente ferocidade do bicho gente, não deixamos de nos surpreender com a evolução que vem se verificando, pois a arte de destruir está cada vez mais aperfeiçoada, e os autores já agora não procuram mais a clandestinidade como em outras épocas. Atualmente assumem o que fazem, posam para fotografias, chamam televisão e fazem questão de que todos saibam que espécie de bestas eles são. Recentes fatos verificados na Espanha, no Iraque, no Rio de Janeiro, na Colômbia, no Paquistão, ou nos cafundós do mundo, apenas vem corroborar a que nível estamos chegando, pois quase ninguém mais se choca com tais fatos, quase os achando naturais.
Enfim... Assim caminha a humanidade...
E dizer-se que Deus criou um mundo para se viver em PAZ, sendo exatamente esse o ponto... Deus criou um mundo para se viver em PAZ. E quando o ser humano começar a ser humano e entender isso, com certeza será uma verdadeira maravilha...
Mas a principal preocupação do bicho gente parece ser o culto ao ódio, à represália, à "vendetta".
A velha Lei de Talião está mais viva do que nunca.  Sempre tentamos pagar na mesma moeda o que nos é feito, ao invés de se não for possível perdoar, pelo menos esquecer o sentido de vingança, para não entrar na roda fatídica de matar alguém apenas porque seu avô matou o meu... O que o neto tem a ver com o crime do avô? Por que matar indiscriminadamente pessoas apenas porque são de outra raça? Por que perseguir um povo inteiro, apenas pelos crimes de seus lideres? Como explicar esse instinto cruel e desumano de torturar pessoas apenas pelo prazer de vê-las sofrendo? Ou de perseguir alguém apenas porque não gostamos dele?
A melhor maneira de viver, é deixar viver. Não podemos nos esquecer disso, pois todo o mal que fizermos contra alguém, poderá voltar contra nós mesmos.
Vamos tentar olhar para dentro de nós, e ver se estamos felizes com nossos atos, se estamos tratando nossos semelhantes como gostamos de ser tratados. Vamos nos olhar no espelho, para ver como fica nossa expressão quando pensamos em alguém de quem não gostamos.
E principalmente, vamos procurar sentir alegria de viver, desejando de coração, que todos tenham o mesmo sentimento, e assim poderemos estar fazendo nossa parte para um pouco mais de Paz.

 

 

 

 

Marcial Salaverry


[Voltar]

© Copyright Prosa & Poesia - Direitos Autorais Reservados