CARTA ABERTA EXPLICANDO O AMOR

 

 
CARTA ABERTA EXPLICANDO O AMOR
Marcial Salaverry
 
 Vou tentar explicar um sentimento, que é quase um lamento, que por vezes causa uma grande alegria, e por vezes uma profunda tristeza...
Na verdade, é um sentimento que apenas é tangível por um coração sensível...
Existem aqueles que amam, ou pensam que amam, mas não sabem entender aquela confusão que o amor provoca nos sentimentos.
Como explicar sua existência, se não tem aparência, pois o amor com nada se parece, apenas aparece, que nasce no mais fundo do nosso interior, e mexe com nosso exterior.
Esse é o amor... Explicar, para que? Vamos apenas vive-lo...
Quando se ama, tudo é possível, seja acabar com o silêncio, seja liberar os desejos, entregando-se ao carinho, e assim vivendo esse amor intensamente...
Se ainda tiver dúvidas, poderemos conversar, pois um diálogo amistoso sempre pode colocar tudo nos eixos... É só aparecer... E poderemos entender melhor o amor, pensando nas seguintes questões...
Será o amor apenas desejo de carinhos, de toques, de beijos?
Será o amor algo vivido apenas imaginação, dando calor e vida ao coração?
Será o amor, algo destinado apenas a aventuras de curta duração?
Será que realmente, ter muitos amores, é não ter nenhum amor?
Será que o verdadeiro amor, é aquele de toda uma vida, de ternura e ventura nunca perdida?
Ou será que o amor não é nada disso, é algo que só existe no imaginário de poetas e romancistas?
Voce tem alguma resposta?

 

 

Marcial Salaverry


[Voltar]

© Copyright Prosa & Poesia - Direitos Autorais Reservados