MINI CONTO - CÚMULO DO BARULHO

 

CÚMULO DO BARULHO
Marcial Salaverry
 
Todas as noites, à meia noite em ponto, ouvia-se um barulho ensurdecedor vindo do cemitério daquela cidadezinha...
Por ser no cemitério, ninguém tinha coragem de ver o que era, quem poderia estar fazendo aquela barulheira toda...
Gedeão encheu-se de coragem e uma noite foi ver...
Saiu correndo ao ver que eram duas caveiras fazendo amor sobre uma folha de zinco...

 

 

Marcial Salaverry


[Voltar]

© Copyright Prosa & Poesia - Direitos Autorais Reservados